Moradores da Providência fazem festa surpresa pelos dois anos da UPP

Sexta-feira, Abril 27, 2012

Leandro Bertholini (*texto) e Alexandre Pestana (*fotos)

Moradores do Morro da Providência, na Zona Portuária do Rio, celebraram a paz na tarde de quinta-feira (27/04) pelos dois anos de instalação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) que atende a comunidade. Com apoio da Associação de Moradores da Providência, pelo menos cem crianças dos projetos sociais e esportivos do local se reuniram para uma festa surpresa em homenagem aos policiais da UPP. A festa aconteceu na sede da Unidade da Providência e contou com a presença do coordenador-geral das UPPs, coronel Rogério Seabra.

Na ocasião, as crianças do grupo de convivência, desenvolvido por psicólogos e pedagogos das escolas públicas da comunidade, apresentaram teatro de fantoches sobre a prevenção do uso de drogas e a boa relação com os policiais da UPP. Ao final da apresentação, as crianças exibiram cartazes em formato de coração com palavras carinhosas a favor do programa de pacificação. Como em toda comemoração que se preze a música não ficou de fora. Crianças do projeto de música da comunidade executaram quatro canções utilizando instrumentos de corda, sopro e percussão. O destaque foi a execução do clássico de Pixinguinha, “Carinhoso”, em homenagem aos policiais militares.

A vice-presidente da Associação de Moradores do Morro da Providência, Maria Helena dos Santos, agradeceu a presença da polícia e ressaltou as profundas transformações que ocorreram na comunidade a partir da implantação da unidade. “A UPP veio para socializar e levar os nossos filhos para o caminho da paz”, disse Maria Helena. Com discurso pró-UPP o comandante da unidade, capitão Glauco Schorcht, também foi homenageado pelos líderes comunitários e representantes dos projetos sociais. “Agradeço todo o apoio que recebi ao longo desses dois anos, pois com a ajuda direta da comunidade é possível garantir a segurança da Providência”, ressaltou o capitão Glauco.

O coordenador-geral das UPPs, coronel Rogério Seabra, destacou a musicalidade incentivada pelos projetos sociais e disse que o momento era de celebrar as conquistas da aproximação da polícia e dos moradores do morro. “Estamos à disposição de vocês (moradores) não apenas para garantir a segurança, mas contribuir de forma significativa para a cidadania e a inclusão social dessas crianças e jovens da Providência”, concluiu o coronel Seabra.

ASCOM SEGEG.

UPP pelo Mundo

pag1_2 bbc04

Pesquisas UPP’s