Crianças de comunidades pacificadas assistem O Quebra Nozes no Theatro Municipal

Terça-feira, Janeiro 10, 2012

(Texto: Leandro Bertholini / Fotos: Alexandre Pestana

ALEXANDRE PESTANA-dsc_2490

Ação integrada entre as secretarias de Segurança e Cultura disponibilizou 1,7 mil ingressos e transportes para as crianças e seus responsáveis

No dia 06 de Janeiro, o Dia de Reis foi celebrado de forma inusitada por crianças de 24 comunidades pacificadas do Rio. Acompanhados pelos responsáveis, os pequenos com idade a partir de 5 anos curtiram uma sessão exclusiva do balé O Quebra Nozes, clássica história natalina, anualmente encenada no Theatro Municipal do Rio. A apresentação aconteceu a partir das 20h e contou com a participação do Corpo de Baile, do Coro e da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, sob regência do maestro Silvio Viegas e coreografias assinadas por Dalal Achcar.

A ação integrada entre as secretarias de Segurança e Cultura, com o apoio da Coordenadoria de Polícia Pacificadora e do Rio Solidário disponibilizou 1,7 mil ingressos e ônibus que levaram as crianças das comunidades para o teatro. Senhas foram distribuídas nas 18 Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), nas comunidades ocupadas (Rocinha e Vidigal) e ainda no Morro Azul e Cruzada São Sebastião.

“É com muita alegria que recebemos moradores de comunidades pacificadas do Rio de Janeiro no Theatro Municipal para uma apresentação do balé “O Quebra Nozes”. Esta belíssima montagem, assinada por Dalal Ashcar, e interpretada com brilho pelo Corpo de Baile do Theatro e alunos da Escola de Dança Maria Olenewa é uma grande oportunidade de encantar espectadores de todas as idades, e levá-los pela primeira vez ao Theatro Municipal. Esta apresentação abre com chave de ouro a parceria das Secretarias de Segurança e Cultura em 2012.”, ressalta Adriana Rattes, secretária de Cultura.

Não é a primeira vez que moradores de comunidades pacificadas assistem a espetáculos de dança como parte do processo de resgate da cidadania e inserção cultural, após a retomada do poder público nas áreas de risco. No final de 2011, os moradores da Rocinha ganharam de presente um espetáculo que reuniu o melhor da temporada 2011 do Balé do Theatro Municipal. Na ocasião, foram apresentados trechos de clássicos como Carmen, de Roland Petit, e o pas-de-deux de Romeu e Julieta, de John Cranko, entre outros.

Sobre O Quebra Nozes

A enorme popularidade de O Quebra-Nozes comprova o fascínio exercido nas platéias a partir do encontro do conto de Alexandre Dumas com a música de Tchaikovsky e a coreografia original de Marius Petipa e Lev Ivanov. Sua estréia foi em 1892, na Rússia.  A primeira apresentação no ocidente só aconteceu em 1934, no Sadler’s Wells Theatre, em Londres. Desde então, tornou-se um dos mais montados em todo o mundo. O ballet conta a história da menina Clara, que ganha do padrinho, na noite de Natal, um quebra-nozes em formato de soldadinho e se encanta pelo presente. Na apresentação para os moradores de comunidades pacificadas, o espetáculo terá acompanhamento musical da Orquestra Sinfônica e do Coro do Theatro Municipal, sob a regência do maestro Silvio Viegas e coreografias assinadas por Dalal Achcar.

Comunidades contempladas:

1. Santa Marta

2. Batan

3. Cidade de Deus (Quadras)

4. Cidade de Deus (Apartamentos)

5. Cidade de Deus (Caratê)

6. Chapéu Mangueira

7. Tabajaras

8. Borel

9. Pavão

10. Providência

11. Formiga

12. Andaraí

13. Turano

14. São João

15. Prazeres

16. Mangueira

17. Salgueiro

18. Macacos

19. Fallet

20. São Carlos

21. Rocinha

22. Vidigal

23. Morro Azul

24. Cruzada São Sebastião

ASCOM SEGEG.

UPP pelo Mundo

bbc05 americas_quarterly

Pesquisas UPP’s